Província de Henan, China, suas operações portuárias são afetadas por enchentes

Província de Henan, China, suas operações portuárias são afetadas por enchentes. Além disso, os trens que entram e saem da capital da província, Zhengzhou, estão atrasados ​​ou cancelados.

Duas cidades na província de Henan, no centro da China, emitiram os maiores alertas de enchentes no domingo, 22 de agosto, pedindo às autoridades locais que se preparem para chuvas torrenciais. Como resultado, Henan suspendeu a operação de seus portos, enquanto as ferrovias de entrada e saída da capital provincial, Zhengzhou, estão parcialmente atrasadas ou canceladas, informou a Reuters .

Xingyang e Changyuan, em Henan, o centro de transporte da China localizado no Rio Amarelo, aumentaram seus níveis de resposta a enchentes de “II” para “I”, o mais alto na escala de quatro níveis da China, alertando sobre possíveis enchentes simultâneas e extraordinárias e rompimentos de barragens. Espera-se mais de 100 mm (4 polegadas) em três horas.

As chuvas aumentam a pressão sobre a China, a segunda maior economia do mundo, que já enfrenta casos esporádicos da cepa Delta do coronavírus. As chuvas recordes no mês passado em Henan causaram enchentes que mataram mais de 300 pessoas e interromperam a produção nas fábricas. Xingyang e Changyuan foram algumas das áreas mais afetadas no mês passado.

Por outro lado, mais cidades da província anunciaram a suspensão das atividades escolares, transportes públicos, fábricas e negócios até segunda-feira à noite. A China alertou sobre fortes chuvas em todo o país, incluindo a província de Sichuan no sudoeste e Heilongjiang no nordeste.

Por MundoMarítimo