CRESCEM EXPORTAÇÕES EM CONTÊINERES REEFER E TANK

Dados levantados pelo DataLiner apontam um crescimento de 6,8% nas exportações brasileiras em contêineres reefer no primeiro trimestre de 2020 em relação a igual período de 2019, impulsionado, principalmente por um incremento nas exportações de proteína animal. No período, houve crescimento de 43,34% nas exportações de carne suína e 6,64% nos embarques de carne de frango. Em relação à carne bovina, apesar de uma queda de 5,86% no primeiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019, se considerarmos apenas março de 2020,  houve um crescimento de 2,22%  em relação a março de 2019. 

O Plate também registrou crescimento nas exportações via contêiner reefer no primeiro trimestre de 2020 em relação a igual período de 2019, porém menor, 4,7%.

Já nas exportações brasileiras via contêiner tank, o crescimento foi maior: 11,3% no primeiro trimestre de 2020 em relação a igual período de 2019. Neste caso, o crescimento pode ser atribuído à alta do dólar associada a um aumento do volume de exportação de gorduras e óleos alimentícios de 7% no período.Já no Plate, houve uma queda nas exportações via contêineres tank de 6,2% no primeiro trimestre de 2020 em relação a igual período de 2019.

Fonte: DatamarNews.